"Olhar e Memória"
Os arquivos
fotográficos Casasola
 México 1900-1940

 

Esta exposição é organizada pela União Latina e o Istituto Italo-Latino Americano em Roma, em parceria com o Consejo de Promoción Turística de México, a Cucaracha, Restaurante mexicano e Ali Cargo, expedições internacionais, Roma. A exposição foi produzida por Canopia Gestión Cultural (Espanha), em colaboração com o Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH), e a Secretária de Relações Exteriores.

Estas fotografias excepcionais que constituem os Arquivos Fotográficos Casasola provêm do fundo de arquivos mais importante do México, o dos irmãos Casasola.

O Fundo Casasola, olhar sobre a história faz parte das colecções que mais alimentaram ado o imaginário colectivo dos Mexicanos do século XX. Os seus instigadores, Agustín e Miguel Casasola, assinam com este impressionante acervo um capítulo inteiro da história da fotografia no México.

Os pioneiros da foto reportagem no México e na América Latina. Suas fotografias sobre a Revolução mexicana continuam a ser as mais famosas. Mas os irmãos Casasola fotografaram igualmente burgueses, gente do povo, artesões, trabalhadores, figuras da rádio e do teatro...

Em resumo, todos os actores da sociedade e do quotidiano post-revolucionários.

"Olhar e Memória" 8 temáticas.  92 fotografias, escolhidas com cuidado por Ortiz Monasterio, e divididas por temas: a paz porfiriana, a guerra revolucionária, os ofícios, a modernidade, a águia e a serpente, a noite, a justiça, as celebridades.

Origem da exposição. Um livro, publicado nas edições Turner em espanhol esteve na origem desta exposição. As imagens são comentadas por Pablo Ortiz Monasterio, ele mesmo fotógrafo de renome.

Expositions

Istituto Italo-Latino Americano, Rome, Italie, 2006

Fondazione Casa America, Gênes, Italie, 2006

Biarritz, France, 2005

Paris, France, 2005